Sonha em ser Professor???!! Realize planejamento de Carreira (CANVAS)

Faça como o Eddie

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

Nome: Eddie Souza Murphy       

Data de nascimento: 10/05/1975

Endereço: Rua 02, Número 304, Quadra 12, Lote 09, Setor Nova Rita, Porto Alegre – RS /     CEP: 91225-098

Telefones: (51) 39453806 / 91436092 / 99920205 / 82971602

E-mail: EDDIE.S.M@HOTMAIL.COM

CREFITO:  67899- F

 

FORMAÇÃO:

Ensino Superior.

Pelo Centro Universitário Metodista do Sul - IPA  BACHAREL EM FISIOTERAPIA (2001-2).

  

PÓS-GRADUAÇÃO:

             Fisioterapia Esportiva – CDCS (420 horas aulas)   

            Curso de Atualização Multiprofissional em Saúde do Esporte – UCS (380 horas)

Mestrado:

             Ciências do esporte -UFRGS (560 horas)

obs: Docente de cursos na aréa do Esporte!

Estratégias durante Graduação!

O que é Monitoria

A monitoria é uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada do aluno nas atividades de ensino, pesquisa e extensão dos cursos de graduação. Ela é entendida como instrumento para a melhoria do ensino, através do estabelecimento de novas práticas e experiências pedagógicas que visem fortalecer a articulação entre teoria e prática. Trata-se de uma atividade realizada concomitantemente com o trabalho do professor em sala de aula requerendo assim, uma participação mais ativa e colaborativa dos participantes no processo de ensino-aprendizagem. O trabalho da monitoria pretende contribuir com o desenvolvimento da competência pedagógica e auxiliar os acadêmicos na compreensão e produção do conhecimento. Trata-se de uma atividade formativa de ensino. Para o monitor, é um estímulo que exige comprometimento e responsabilidade.

 Modalidades de Monitoria

Monitoria bolsista: discentes aprovados e classificados na modalidade bolsista, até o limite do número de bolsas recomendadas para cada disciplina no processo de seleção e com direito à retribuição financeira a título de incentivo.

Monitoria voluntária: discentes aprovados e classificados na modalidade voluntária do processo de seleção, até o limite do número de vagas recomendadas para cada disciplina, sem nenhuma compensação financeira.

 

Extensão universitária

É uma ação de uma universidade junto à comunidade, disponibilizando ao público externo o conhecimento adquirido com o ensino e a pesquisa desenvolvidos. Essa ação produz um novo conhecimento a ser trabalhado e articulado

 

Iniciação científica

 é uma modalidade de pesquisa acadêmica desenvolvida por alunos de graduação nas universidades brasileiras em diversas áreas doconhecimento. Em geral, os estudantes que se dedicam a esta atividade possuem pouca ou nenhuma experiência em trabalhos ligados à pesquisa científica (daí o caráter de "iniciação") e representam o seu primeiro contato com tal prática. Os alunos têm o desenvolvimento de seus estudos acompanhados por um professor orientador, ligado ou não a um laboratório de pesquisa da faculdade na qual o aluno estuda ou a algum centro de pesquisa financiador (Fundação Casa de Rui Barbosa, por exemplo) .

As principais agências financiadoras de projetos de iniciação científica no Brasil (através do oferecimento de bolsas anuais de incentivo à pesquisa) são o CNPq(em nível federal, através de seu Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, o Pibic) e as agências estaduais de fomento à pesquisa. Estas bolsas normalmente giram em torno de um valor abaixo do salário mínimo fixado pela instituição ou agência de fomento.

Nesta etapa da prática universitária, o estudante-pesquisador exerce os primeiros momentos da pesquisa acadêmica, como a escrita acadêmica, a apresentação de resultados em eventos, a sistematização de ideias, a sistematização de referenciais teóricos, a síntese de observações ou experiências, a elaboração de relatórios e demais atividades envolvendo o ofício de pesquisador.

 

Residência Multiprofissional

As residências multiprofissionais e em área profissional da saúde, criadas a partir da promulgação da Lei n° 11.129 de 2005, são orientadas pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir das necessidades e realidades locais e regionais, e abrangem as profissões da área da saúde, a saber: Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional (Resolução CNS nº 287/1998).

A Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde - CNRMS, instituída por meio da Portaria Interministerial nº1.077, de 12 de novembro de 2009, é coordenada conjuntamente pelo Ministério da Saúde e do Ministério da Educação e tem como principais atribuições: avaliar e acreditar os programas de Residência Multiprofissional em Saúde e Residência em Área Profissional da Saúde de acordo com os princípios e diretrizes do SUS e que atendam às necessidades sócioepidemiológicas da população brasileira; credenciar os programas de Residência Multiprofissional em Saúde e Residência em Área Profissional da Saúde bem como as instituições habilitadas para oferecê-lo; registrar certificados de Programas de Residência Multiprofissional em Saúde e Residência em Área Profissional da Saúde, de validade nacional, com especificação de categoria e ênfase do programa.

 

A produção científica

Abrange: 

1 - artigos publicados em Revistas Científicas de cunho nacional e internacional 

2 - artigos publicados em Jornais Científicos de cunho nacional e internacional 

3 - artigos publicados em Jornais de grande circulação do país, considerado no caso, produção nacional 

4 - capítulos de livros publicados em Revistas Científicas de cunho nacional e internacional 

5 - resumos em Anais de Congressos nacionais ou internacionais 

6 - trabalhos completos publicados em Revistas nacionais e internacionais 

7 - palestras, conferências, mesas-redondas e cursos proferidos (âmibto nacional ou internacional) - aqui valem as participações como titular e como integrante de equipe. 

Para alunos de Graduação: 

bolsas obtidas ao longo do curso, informando o cadastro oficial e o título do projeto desenvolvido e o orientador 

monitorias realizadas - informando a disciplina, o período e o orientador 

estágio interno complementar - aquele obrgatório do currículo de graduação - informar o período e o orientador 

participações em semanas, jornadas, mesas-redondas, congressos nacionais e internacionais 

Parece-me que há lugar no Lattes, em que aparecem as categorias em que se divide a produção. 

Estágios profissionais em empresas; 

Também entram a participação ou realização de exposições; 

Participações em Congresso, sem necessária apresentação de trabalhos (mais pontuam menor valor). 

Uma publicação científica ou comunicação científica, contendo um texto científico, é um dos últimos passos de qualquer pesquisa científica, prévio aodebate externo.1

A publicação científica iniciou como cartas pessoais entre cientistas, publicação de livros e periódicos (como anuários ou revistas científicas). Atualmente, a mais avançada ferramenta é a internet que apresenta-se apenas como um mecanismo para comunicar as várias fases de investigação científica entre cientistas e militares localizados em diferentes partes do mundo. Se a descoberta científica é de grande importância ou relevância, os meios de comunicação e conferências de imprensa também são utilizados, apesar de ser considerada desonroso apresentações públicas antes de ter comunicado à comunidade científica.

Além de seu uso geral, pode frequentemente ser denominada como comunicação especificamente a um tipo de texto científico, mais ou menos breve, originalmente concebido para a transmissão por via oral; especialmente encaminhado para uma conferênciacongresso ou simpósio para estar disponível para os participantes, dando lugar ou não a uma conferência realmente lida nessa referida reunião. Muito geralmente são publicados conjuntamente (como em anais de trabalhos científicos de determinado encontro).

 

 

PLATAFORMA LATTES

A Plataforma Lattes é uma plataforma, criada e mantida pelo CNPq, pelo que integra as bases de dados de currículos, grupos de pesquisa e instituições, em um único sistema de informações, das áreas de Ciência e Tecnologia, atuando noBrasil. Foi criada para facilitar as ações de planejamento, gestão e operacionalização do fomento à pesquisa, tanto doCNPq quanto de outras agências de fomento à pesquisa, tanto federais quanto estaduais, e de instituições de ensino e pesquisa.

 

 

O Certificado de Proficiência em Inglês (Certificate of Proficiency in EnglishCPE)

 

É o exame de maior nível linguístico (nível C2 do quadro comum europeu de referência para línguas) emitido pela Universidade de Cambridge que atesta a proficiência em língua inglesa. I.e., um nível altamente avançado em situações reais de comunicação para falantes não-nativos.

O nível C2 é descrito como "a capacidade de lidar com material que seja acadêmica ou cognitivamente exigente e de usar a linguagem, expressando-se bem, num nível de desempenho que, em alguns aspectos, pode ser superior àquele de um falante nativo".1

Está acima do Certificate in Advanced English (CAE), de nível avançado, e do First Certificate in English (FCE), de nível intermediário. É reconhecido por universidades no Brasil e no exterior como comprovante de um pleno domínio da língua inglesa.

 

Projeto de pesquisa

 

È  o documento que possui as idéias principais de uma pesquisa que será realizada, cada um de seus itens deve aparecer em sequência e sem mudança de folha a cada novo item.

Segundo Kauane Kovalski, o Projeto de Pesquisa apresenta uma série de funções importantes: (1) pode constituir uma "carta de intenções" através da qual o pesquisador apresenta sua proposta para uma Instituição, (2) pode configurar o retrato de uma pesquisa em andamento, (3) pode se transformar em um precioso instrumento para o diálogo científico e acadêmico, (4) pode configurar um instrumento importante para a elaboração de idéias e para auto-esclarecimento de quem o produz, (5) pode funcionar como um eficaz roteiro de trabalho ou instrumento de planejamento, (6) pode desempenhar o importante papel de um instrumento direcionador da pesquisa,1 entre outras funções importantes.

 

A bioestatística

 

é a aplicação de estatística ao campo biológico e médico. Ela é essencial ao planejamento, coleta, avaliação e interpretação de todos os dados obtidos em pesquisa na área biológica e médica. É fundamental à epidemiologia, à ecologia, à psicologia social e à medicina baseada em evidência. A estatística forma uma ferramenta chave nos negócios e na industrialização como um todo. É utilizada a fim de entender sistemas variáveis, controle de processos (chamado de "controle estatístico de processo" ou CEP), custos financeiros (contábil) e de qualidade e para sumarização de dados e também tomada de decisão baseada em dados. Nessas funções ela é uma ferramenta chave e a única ferramenta segura.

 

 

 

 

Cresça com o Planejamento Canvas

Proposta de Canvas Para Professor Universitário

 

  1. Proposta de Valor - são criadas propostas que atendam a determinadas necessidades dos potenciais clientes, sempre tendo os objetivos de negócio norteando a dinâmica. Exemplo de propostas de valor podem ser Conveniência, Personalização, Apoio a decisão, Rapidez, Redução de custos, entre outros. Os Segmentos de Clientes e as Propostas de Valor são os principais elementos, sobre os quais todo o restante do Canvas se apoiará.

 

    • Docência
    • Conhecimento
    • Formação de pessoas e profissionais

 

  1. Segmentos de Mercado -  Buscar mapear para quem se está criando valor e quem são os potenciais clientes para os objetivos pretendidos. Exemplos de segmentos de clientes são: Consumidores da classe C, Mulheres, Idosos, Consumidores de São Paulo, etc.
    • Alunos de Curso de Graduação em Fisioterapia
    • Profissionais e alunos em cursos de formação na área da Saúde

 

  1. Canais de Distribuição - Uma vez que já se tem uma prévia de clientes potenciais e propostas de valor, é necessário pensar em como fazer com que estes dois elementos fundamentais se encontrem. Logo, são definidos e sugeridos os Canais de Distribuição (Channels), como Entrega à domicílio, Site de conteúdo, Newsletter, Atendimento presencial, entre outros, através dos quais será possível distribuir e entregar as propostas de valor.
    • Palestras
    • Congressos
    • Aulas em Cursos
    • Networking (relação com colega e profissionais da área)
    • Site com informações da área e de Cursos

 

  1. Relacionamentos com Clientes - deve ter o propósito de fortalecer o envolvimento do cliente com o negócio. São exemplos de relacionamentos com clientes um Canal de perguntas e respostas, Ouvidoria, SAC, Atendimento pós-venda e Serviços automatizados.
    • Relação de ensino/formação
    • Treinamento e capacitação
    • Fidelização/estabilidade com Instituição
    • Satisfação com Cliente

 

  1. Linhas de Receitas - registram como a solução em construção pretende gerar receitas, tendo como base as propostas de valor sugeridas. Alguns exemplos: Venda de assinaturas mensais, Venda direta, Retorno em publicidade paga e Aluguel.
    • Docência
    • Atendimento de pacientes/clientes durante formação
    • Aulas em cursos de formação e palestras
    • Residência e bolsa de mestrado

 

  1. Recursos Chave - São os recursos ligados diretamente ao funcionamento do modelo de negócio. Podem ser Equipes, Máquinas, Investimentos e Plataformas de tecnologia, por exemplo.
    • Graduação
    • Monitoria
    • Mestrado
    • Participação em grupos de pesquisa e publicações científicas
    • Participação com trabalhos em Congressos científicos da área

 

  1. Atividades Chave -  são todas as atividades sem as quais não seria possível atender as propostas de valor, construir os canais necessários e manter os relacionamentos. Podem ser atividades-chave desde Acompanhar redes sociais (uma atividade interessante para contribuir com o relacionamento com os clientes) até Construir uma loja (que pode se relacionar com as propostas de valor e canais específicos).
    • Pesquisar
    • Publicar
    • Apresentar trabalhos
    • Participar de Congressos

  

  1. Parceiros Chave - são todos aqueles que podem contribuir tanto com as Atividades-Chave quanto com os Recursos-Chave. Algumas parcerias, como as de Fornecedores de Tecnolologia, podem disponibilizar máquinas para atender a algum Recurso-Chave. Outras parcerias podem contribuir com pessoas ou realizando diretamente alguma das Atividades-Chave, como Monitorar redes sociais.
    • Instituição de ensino superior
    • Cursos de formação
    • Grupos de Pesquisa

 

  1. Estrutura de Custos  - Representando os custos necessários para se manter e construir toda a solução proposta, há o bloco Estrutura de Custos (Costs Structure), que indica, por exemplo, a necessidade de se Pagar a manutenção das máquinas previstas, os Pagamentos dos parceiros contratados, o Custo recorrente de infraestrutura, o Custo das equipes envolvidas, e assim por diante.
    • Custos com:
  1. Graduação
  2. Cursos de Formação
  3. Participação em Congressos (viagens, hospedagem, inscrições)
  4. Pós-graduação (mestrado)

Tabela da distribuição do Planejamento

  • Curso Dry Needling

    Técnica fisioterapêutica que está se disseminando rapidamente pela sua eficácia e resolutividade. No Brasil ainda é pouco conhecida, mas está ganhando cada vez mais adeptos. Trata-se de uma técnica invasiva que utiliza o “agulhamento seco” sem nenhuma medicação em pontos anatômicos específicos no tratamento da dor miofascial. Pode ser empregado no tratamento de diversos distúrbios musculares locais, como torcicolos, “trigger points”, síndrome miofascial, cefaléia tencional, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciatalgias e também dores articulares do esqueleto apendicular.

  • Curso Bandagem Funcional

    Kinesio Taping® é um método de bandagem que tem como objetivo a estimulação do sistema tegumentar (pele), através de estimulação somato sensorial. Ela auxilia na terapia por meio de estímulos mecânicos constantes e duradouros na pele que por meio dos mecano receptores realizam um arco neural e contribuem para a percepção da posição e movimento articular.

    É uma forma diferente de abordar as desordens musculares, tendinosas, ligamentares e circulatórias. A bandagem cria uma estabilização articular limitando as amplitudes e exerce uma pressão sobre a região da lesão, que induz a uma redução da circulação subcutânea. O Kinesio Taping® permite liberdade de movimento e funciona como uma bomba estimulando a circulação linfática.